Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO INSONE

SONETO INSONE

Caminho pela casa com o meu soneto
Vagando por todos os quartos - canto a canto
É tarde, estou insone, e no entanto
Só tenho inspiração p’ra um quarteto

Não sei onde ficar, - ou onde me meto-
(Por que a insônia maltrata tanto?)
As horas passam e, para o meu espanto
Acabei este aqui (Vou pro terceto!)

Aqui neste terceto eu simplesmente
Vou escrever qualquer rima que surgir
Já não sei o que escrever (Bola p’ra frente!)

Novo dia amanhecendo e eu aqui
Inventando de sonetar fielmente
Meu Deus já é tarde! Acabei, vou dormir!
Francisco Monteiro
Enviado por Francisco Monteiro em 04/12/2007
Código do texto: T764907

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Monteiro
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 47 anos
72 textos (1998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 04:43)
Francisco Monteiro