Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>FALANDO DE AMOR*

Naveguei até aqui em mar aberto
Pra falar de amor tempo por vir
Coração já navegava tempo deserto
Saboreando as palavras me fez sorrir

No olhar do amor a vida se renova
Na imensidão do tempo a espera
No toque a sensação sabor que prova
Na linguagem a dor sensação quimera

Segui teus passos e pensamentos
Ouvi a canção aportei sutilmente
Na cabeça o acenar docemente

Adornei o coração que dulcificou
Fez-se mel na boca já aportou
Dois amores sedentos de amor

Quisera ser do amor ancoradouro,
Grinaldas de esperança a terra tece
E mostra num conluio o nascedouro
De um sonho ao qual decerto se obedece.

Um sentimento assim, se duradouro
Traz-nos a redenção de rara prece,
Na vida, com certeza, um bom tesouro,
Amar a cada verso que se expresse

Toda a pureza em paz e devoção,
Emoldurando sempre o coração
No altar que se erigiu em seu louvor.

No corpo e dentro da alma já renasce
O brilho que tocando nossa face
Permite que se saiba deste amor

SOGUEIRA
MARCOS LOURES


Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 05/12/2007
Código do texto: T766432

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2364 textos (128664 leituras)
13 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:24)
Sonia Nogueira

Site do Escritor