Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem de Longe

Vem de longe esta voz envolvente
Que me desagrega e me descompassa,
Vem de longe esta voz que é latente
E esta saudade que não passa.

Vem de longe este doce sorriso
Que sei que eu desconheço,
No entanto é que eu improviso,
Este poesia e desse jeito te reconheço.

Vem de longe cada cena contigo;
As mãos dadas, um abraço apertado...
Para seres o meu abrigo,

Em cada caminho mal-aventurado.
Vem de longe, o nosso segredo...
E cada poesia, agora, és-tu o enredo.

 Rio, 07 de Janeiro de 2005
Natomarkes
Enviado por Natomarkes em 06/12/2007
Código do texto: T767579
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (natomarkes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Natomarkes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 43 anos
117 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:07)
Natomarkes