Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Satírico egocentrismo

Dono de brilhantismo comovente,
eu sou um nascedouro de cultura.
Como pra música, a partitura,
eu sou, pra Humanidade, um regente.

Tenho talento com tanta fartura
a transbordar na alma e na mente,
que não me basta ser inteligente:
Eu sou a perfeição da criatura.

Não me turvem a magnificência,
com seus repentes de estupidez
a me rogar, a me pedir clemência.

Desprezo-lhes a torpe pequenez.
Mas bem fundo, lá na minha essência,
invejo a humildade de vocês.
 
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 11/12/2005
Reeditado em 11/12/2005
Código do texto: T84556
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1332 textos (57748 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3192 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:42)
Herculano Alencar

Site do Escritor