Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selvagem pragmatismo

Antropófago do capitalismo,
cuja bravura cabe na carteira,
purga, da pobreza, a caganeira:
A fez nutriz do seu pragmatismo.

Ao atirar o mundo no abismo,
julga que a plebe há de perecer.
Somente os ricos vão sobreviver
à lógica cruel do elitismo.

Mas quem sobreviver esta injustiça,
há de espalhar o excreto e a carniça
por onde houver um só sopro de vida.

E, se sobrar vestígios da mundiça,
há de afogar na areia movediça,
pra que nenhuma bulha seja ouvida.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 16/12/2005
Código do texto: T86831
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57790 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:44)
Herculano Alencar

Site do Escritor