Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura ou dor

Nem sei se posso amar-te assim. Não sei
se posso, até, pensar em ti. Tu és
a musa inalcançável, e a teus pés,
em suplicante prece, eu me prostrei.

És minha santa, és minha perdição,
és o meu bem, és o meu mal, destino
e procedência, és força e desatino,
és bênção, desconforto, maldição.

A minha mente louca não concebe
outra maneira de mostrar o amor,
se tudo se resume a um momento.

E o teu discernimento não percebe
a forma deste amor: se enorme dor,
se essa loucura que é meu pensamento.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 11/01/2006
Reeditado em 23/01/2006
Código do texto: T97574
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260267 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:57)
Paulo Camelo

Site do Escritor