Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Complexo de culpa

—Sua cadela, puta, sem-vergonha!
Gritava o marido tresloucado.
Fora traído, o pobre coitado!
Daí, sua revolta ser tamanha...

—Mulher safada, meretriz, piranha!
Grunia o pobre diabo indignado.
Pulou da cama meio atordoado
como se o diabo lhe mordesse a banha.

Sua mulher, ali, petrificada,
com aquele jeito de quem não fez nada,
a sussurrar-lhe quase em segredo:

—Dorme, querido, que é madrugada.
 Dá-me um beijo, eu sou tua amada...
 Foi só um sonho, só um pesadelo!

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 16/01/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T99721
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57826 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:04)
Herculano Alencar

Site do Escritor