Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA SEM GRAÇA

Estéril é a “poesia” que eu crio,
Inútil é a vontade de escrever,
De minha mente nada brota de valer,
Só nasce verso da poesia arredio.

Onde a inspiração que tanto busco?
Onde a beleza que agrade?
Faço verso, isso é verdade.
Mas sem conteúdo. Verso “fusco”.

Quero o descortino de um mestre,
Jogar palavras com arte e graça.
Mas se a inspiração me é escassa,

Só me resta prosseguir com raça
Até que de minh’alma brote
Um encanto poético que se note.
Hegler Horta
Enviado por Hegler Horta em 17/01/2006
Reeditado em 22/03/2006
Código do texto: T99973
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hegler Horta
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 70 anos
153 textos (6883 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:00)
Hegler Horta