Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
== O que é metrificar?
== Metrificar é contar as silabas para efeito de construir o verso que, por isso mesmo, se diz
metrificado ou medido.
== Verso é como se chama cada linha de um poema
== Alguns versos têm , em Portuguès, sílaba de acentuação obrigatória. Por exemplo, o decassilabo heróico exige acentuação na sexta e na décima sílabas. O decassílabo sáfico, na quarta, oitava e décima sílabas. O decassílabo em moinheira, na quinta e décima. Daí porque incluimos na definição de metrificar não só a contagem silábica, mas o cumprimento desta exigência de tais versos.
== Alguns tratadistas também consideram a busca de rima na definição de metrificar. Neste caso, nossa definição ficaria:
== Metrificar é construir os versos de um poema com contagem silábica, acentuação obrigatória e rimas. Aqui trataremos, apenas da mais difícil das três técnicas citadas, ou seja,  a da contagem silábica, que é onde, geralmente, o neófito desejoso de fazer versos metrificados empaca, e não consegue ir adiante, acabando por  optar pelo verso desmetrificado.  também chamado
modernista
<><><><> A TÉCNICA METRIFICATÓRIA <><><><>
==
Observa-se que, em Português, as frases, mesmo quando em prosa, são sempre faladas de maneira diferente da que são escritas. A gente nunca diz as palavras isoladamente, uma a uma, como faz ao escrever. Verifique: fale algumas frases em voz alta, e verá que, às vezes, você une as últimas vogais de algumas palavras com as primeiras vogais das palavras seguintes como se elas tratassem de ditongos intervocabulares.
==  Experimente dizer a frase
o amor. Você observará tê-la falado como se fosse uma palavra só, começada pelo ditongo oa  oamor ou chuva agora,, que é dita chuvagora. Ou casa antiga, dita casantiga. O u amigo oculto,  amigoculto, quase do mesmo jeito que diria amigo culto. 
==
Ora, o verso é a arte da palavra falada, e não da escrita..
== Para escrever versos, temos de contar as sílabas. Este ato, como vimos, é parte do que chamamos
metrificar.
==
Mas, no verso, tratamos das sílabas faladas, ligeiramente diferentes das gramaticais, especialmente quando se trata de frases e não de palavras  isoladas. São o que chamamos de sílabas fônicas ou sílabas poéticas  (há quem as chame de sons).
== Na palavra, de maneira geral, as sílabas poéticas coincidem com as sílabas gramaticais. Mas os gramáticos não cogitam das sílabas intervocabulares, ou seja, entre duas palavras contíguas na frase, que os poetas têm de considerar, pois lidam com frases. (Quando, numa frase, a última vogal de uma palavra se une à primeira vogal da palavra seguinte, formando ditongo intervocabular, dizemos que as referidas vogais sofreram fusão ou elisão) Daí porque precisamos nos acostumar a escrever versos com as palavras tal como são faladas, e não como são
escritas.
== Portanto, uma das maneiras mais interessantes que o neófito em metrificação tem para verificar se seus versos estão certos é dizê-los em
voz alta procurando ouvir como as fala.
== Mas, atenção! Para fazer a contagem silábica, diga os versos em VOZ ALTA, com naturalidade,
sem escandir.  A escansão, ou seja,  a pronúncia sílaba  a sílaba das palavras de uma frase é artificial dentro da fala e, portanto, mascara sua contagem silábica fônica. Lembre-se: A escansão é inimiga da 
metrificação
.

(extraído do Elucidário Métrico de autoria de Eno Theodoro Wanke)
Victoria Magna
Enviado por Victoria Magna em 05/04/2006
Reeditado em 05/04/2006
Código do texto: T134328
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Victoria Magna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
329 textos (130058 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:14)
Victoria Magna