Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

não discuto

Gosto dos poetas em quem acredito que tudo foi pensado. Ou, dito de outro modo, poetas onde não penso nunca que lá podia estar uma palavra que não está, deixando de estar uma que esteja, hesitando numa pausa onde existe um sinal ou olhando um sinal em falta.
Gosto dos poetas em quem acredito, aqueles em quem a pontuação nunca me falta, a ortografia é como a orografia dum rio, o riso flui, o choro corre, a alma se descobre!
Gosto dos poetas que me interrogam, aqueles a quem respondo feliz dando-lhes a leitura que quero.
Gosto de poetas emotivos ou daqueles outros sem motivos, onde parece haver um jogo apenas. Pouco me importa nuns ou noutros o que sentiram ou pensaram, uns fazem-me sentir, outros põem-me a pensar.
Gosto de poetas, e pronto. Não deixo de gostar só porque encontro alguma coisa que não gosto, mas não gosto mesmo de poetas que não gosto: os que não me dizem nada. Embora... até a esses há dias e horas, um verso mal escrito, um poema estragado, uma poesia sem nexo, às vezes serve(m)...

+

Informação, basta pegar nas ligações e conectar:

primeiro texto – Administração - Monólogos/ Teses
http://www.usinadaspalavras.com/index.html?p=ler_texto&txt_id=6414&cat=18

segundo texto - Artigo http://www.usinadaspalavras.com/index.html?p=ler_texto&txt_id=6460&cat=1
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 13/09/2005
Código do texto: T50118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310487 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:12)
Francisco Coimbra