Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOVIMENTOS LITERÁRIOS NO BRASIL


 
Um benfeitor espiritual celestial me faz muitas vezes achar recortes literários de livros e revistas universitárias, não identificados, sem nome e data da publicação, dentro dos volumes comprados em sebos. Uni três “espécies” hoje:
 
P E R F I S
 
1---MARCO INICIAL - 1500 / 1600
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Descobrimento do Brasil, ciclo da cana-de-açúcar, jusuítas catequistas, trabalho escravo / CARACTERÍSTICAS - documentos informativos, poemas religiosos, teatro ‘indígena’, cultura européia X cultura nativa
 
2---BARROCO - 1601 / 1768
 
CONTEXTO HISTÓRICO SOCIAL - Contra-reforma, Portugal sob domínio espanhol, povoamento do interior, economia açucareira, invasões holandesas / CARACTERÍSTICAS - Conflito carne-espírito, culto do contraste, preferência pelo cruel-doloroso-sangrento-repugnante, céu-terra misturados na visão de mundo, manifestações literárias baianas, sátiras, sermões --- CULTISMO - Manifestação básica em poesia, rebuscamento formal (metáforas, hipérboles, trocadilhos, ambigüidades, antíteses) X CONCEPTISMO - manifestação básica em prosa, linguagem de conceitos (racionalismo), busca da essência das coisas
 
3---ARCADISMO - 1768 / 1836
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Iluminismo, enciclopedismo de Diderot-Voltaire-Rousseau etc., Revolução industrial, Revolução francesa, ciclo da mineração, manifestações Inconfidência Mineira, expulsão dos jesuítas, vinda da corte portuguesa, independência dos Estados Unidos e do Brasil / CARACTERÍSTICAS - Reação contra o Barroco, retorno ao equilíbrio e à simplicidade dos modelos greco-romanos, culto da arte como imitação da natureza, índio na poesia épica, predomínio da razão, finalidade didática e moral da literatura, crença de que beleza-pureza-espiritualidade residem na natureza, predomínio de situações sobre emoções, busca da objetividade, culto da simplicidade (inutilia truncat), bucolismo, uso de pseudônimos pastoris, manifestações literárias mineiras, sátira-denúncia dos desmandos da Coroa
 
4---ROMANTISMO - 1836 / 1881
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Burguesia no poder, liberalismo burguês, aumento do comércio interno, ciclo cafeeiro, Regências e Segundo Império, Guerra do Paraguai, lutas abolicionistas, nacionalismo / CARACTERÍSTICAS - Individualismo e subjetivismo, sentimentalismo, liberdade e imaginação criadoras, evasão e fuga para o exótico-pitoresco, temas patrióticos, índio como símbolo nacional, comédia social, romance indianista-histórico-regionalista-social, passado histórico e medieval, morte e melancolia, “mal do século”, sonho e fé, senso do mistério (sobrenatural e terror), consciência da solidão, exagero, ânsia de glória, idealização do amor e da mulher
 
5---REALISMO - 1881 / 1902
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Evolucionismo, socialismo, positivismo, unificação da Itália e da Alemanha, lutas anti burguesas, segunda Revolução Industrial, riqueza oriunda do café, decadência da monarquia, imigrante trabalhador livre, abolição da escravatura, República, Revolta da Armada, Guerra de Canudos / CARACTERÍSTICAS - Oposição ao Romantismo, objetivismo (não-eu), anti-sentimentalismo, racionalismo e cientificismo, busca da verdade, busca de elementos essenciais e universais, concepção materialista do homem, análise psicológica, visão menos idealizada do amor e da mulher, preocupação revolucionária e atitude de combate, arte engajada e compromissada com uma realidade crítica-política-social --- NATURALISMO - Radicalização das concepções realistas, visão cientificista do mundo, determinismo (raça-meio-momento), temas de patologia social (miséria, adultério, criminalidade, sexualidade), rigorosa lógica entre as causas biológicas sociais que determinam o comportamento, despreocupação com a moral desde que o assunto tenha interesse --- PARNASIANISMO - Objetivismo e racionalismo, predomínio da razão sobre a imaginação, anti-sentimentalismo, poesia descritiva, gosto pela cultura clássica greco-romana, impassibilidade e sobriedade, perfeição formal, seleção vocabular, a arte pela arte
 
6---SIMBOLISMO - 1893 / 1902
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Crise da concepção positiva da vida, Freud e a psicanálise, guerra de Canudos, deslocamento do centro político-econômico cultural para o Sudeste / CARACTERÍSTICAS - Oposição ao Realismo, concepção mística do mundo, interesse pelo particular, fuga da realidade (isolamento, ‘torre de marfim’ e solidão), conhecimento intuitivo e não lógico, ênfase na imaginação e na fantasia, gosto pela teologia e pela metafísica, busca do inconsciente, musicalidade, subjetivismo, sugestão e cor, culto do vago-indefinível, ânsia do absoluto e do eterno
 
7---PRÉ-MODERNISMO - 1902 / 1922
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Pré-guerra, I GM (1914/1918), Revolução Russa, Revolta da Vacina, Revolta da Chibata, greves operárias em São Paulo, apogeu da cafeicultura, política do “café-com-leite”, I GM, formação do proletariado e da classe média urbana / CARACTERÍSTICAS - Crítica à sociedade brasileira, romance social, literatura problematizadora, rompimento com o passado, busca da realidade sem idealizações, interesse pelos marginalizados, redescoberta do interior sem ufanismo, nacionalismo
 
8---MODERNISMO - 1922 / Atualidade (?)
 
CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL - Semana de Arte Moderna, queda da Bolsa de NY, ascensão do fascismo e nazismo na Europa, Estado Novo (1927/1945), II GM (1939/1945), tenentismo, Revolução de 30, industrialização, emergência da novas potências mundiais (EUA e URSS), Guerra Fria, redemocratização do país, Revolução Cubana, mudança do DF para Brasília, Golpe militar de 1964, Guerra do Vietnã, AI-5 em 1968, Nova Constituição Brasileira em 1988 / CARACTERÍSTICAS - Nova visão da história e literatura, influência das vanguardas europeias, integração poética da civilização material, concepção lúdica da arte, busca do inconsciente, verso livre, humor-sátira-paródia, interesse pelo homem comum, ênfase ao natural-cotidiano, associação livre, inclusão de todos os temas-motivos-assuntos, incorporação da linguagem coloquial e neologismos, liberdade formal (movimento concretista, práxis, poema processo e poesia marginal - exploração da camada visual do poema), novo regionalismo, realismo fantástico, prosa política, interesse pelo “eu” profundo, romances de sondagem psicológica, preocupação com o presente e o social / SEMANA DE ARTE MODERNA - a) contra o passadismo - b) contra a ênfase oratória, a eloquência - c) contra as rimas ricas, a métrica perfeita, a linguagem classicizante - d) contra o tradicionalismo, o academicismo - e) contra tabus e preconceitos - f) defesa do direito à pesquisa estética - g) atualização da inteligência artística brasileira - h) estabelecimento de uma criadora nacional.
 
LITERATURA NA IDADE MODERNA
 
SÉCULO XIX
 
Princípio - Predomínio do autor - Método biográfico (Romantismo)
 
Meados - Predomínio do homem e seu meio - Método científico (Realismo-Naturalismo)
 
Final do século XIX e início do século XX - Predomínio do leitor - Método impressionista (Simbolismo-Impressionismo)
 
SÉCULOS XX e XXI
 
Predomínio da obra (Formalismo, estilística, Nova Crítica, Modernismo)
 
                                     F I M
 

Rubemar Alves
Enviado por Rubemar Alves em 21/04/2017
Código do texto: T5977325
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubemar Alves
Salto - São Paulo - Brasil, 50 anos
474 textos (13177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/17 20:31)
Rubemar Alves