Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRAIÇOEIRO DESTINO



Estou sozinho agora. Bem longe de você. Meu coração reclama, querendo só lhe ver.
E hoje me pergunto: o que será de mim?
O infinito é minha interrogação. Meu grito se perde na escuridão.
Mais uma vez adeus. Adeus que não quero entender.
Mas toda essa dor um dia irá passar.
O tempo transforma tudo o que foi em será.
Quando você me disse adeus, senti algo me dizer que você não queria partir. Olhei para você, acariciei seu lindo rosto e com lágrimas nos olhos lhe falei mais uma vez: fica, não vá, meu amor, não me deixe.
No momento do terrível adeus, fiquei perdido, não sei como pude controlar minhas emoções. Como controlar o meu querer.
Querer aceitar seu adeus e querer lhe querer.
Aqui estou sem saber para onde o vento vai me levar.

TEXTO DO MEU NOVO LIVRO
Carmem Baptista
Enviado por Carmem Baptista em 06/10/2017
Código do texto: T6134488
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmem Baptista
Mococa - São Paulo - Brasil
97 textos (802 leituras)
1 e-livros (15 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 14:28)
Carmem Baptista