CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Falando sério : Você sabe conjugar O MODO IMPERATIVO de um verbo ?

                                 
                                  Não ? Não saber isso não é exclusividade sua, amigo leitor. Grande parte dos brasileiros também não   domi-
na essa conjugação especial que é a do imperativo.

                                  Para começo de conversa, vamos logo re-
lembrar o que é o MODO IMPERATIVO...É um dos três modos do ver-
bo (os outros dois são o INDICATIVO e  o SUBJUNTIVO)       que
é utilizado quando queremos transmitir algum tipo de ordem ou ordem
disfarçada de pedido, como nestes exemplos :

                                  SAIA DAQUI ! (ordem taxativa)
                  POR FAVOR, SAIA DAQUI! (ordem "disfarçada" de pedi-
                                                      do em função do emprego
                                                      da expressão "por favor").

                           (Mas, NOS 2 EXEMPLOS, FOI EMPREGADO  O IM-
                             PERATIVO).

                                   Como adiantamos acima, a conjugação do
imperativo tem particularidades que não ocorrem  na conjugação
dos demais tempos e formas verbais.

                                    Vejamos algumas das particularidades
                                    do modo imperativo :

1) Nos demais tempos e modos, a conjugação emprega os conheci-
dos PRONOMES PESSOAIS DO CASO RETO : eu, tu, ele, ela, nós, vós,
eles, elas.
                   NO IMPERATIVO, os pronomes EU, ELE, ELA, ELES e E-
LAS NÃO SÃO USADOS para a conjugação.

                   E por que isso acontece ? Por um motivo simples :

                   Se o imperativo INDICA (quase sempre) ORDEM e se
ORDEM É ALGO QUE NÃO PODEMOS DAR A NÓS MESMOS (daí o não-
emprego do pronome pessoal "eu");
                   Se uma ordem (que é expressa pelo modo imperativo)
SÓ PODE SER DADA A QUEM ESTÁ PRESENTE, então NÃO SE JUSTIFI-
CA, NA CONJUGAÇÃO DO IMPERATIVO, USAR OS PRONOMES "ELE" ,
"ELA", "ELES" e "ELAS", por não indicarem o interlocutor a receber    a
ordem, MAS A PESSOA  SOBRE A QUAL FALAMOS.

2) Na conjugação dos demais tempos e modos, OS PRONOMES PES-
SOAIS (EU, TU....) VÊM ANTES DA FORMA VERBAL.
                    Ex.: EU ganho, TU ganhas, ELE ganha...

                    No imperativo, há uma inversão : primeiro  vem a forma
verbal e, em seguida, o pronome pessoal do caso reto correspondente.
                     Ex.: Fala TU (confirmando, não podemos começar pelo
                                        pronome "eu"..),  fale VOCÊ...

3) Na conjugação dos demais tempos e modos, A TERCEIRA PESSOA
DO SINGULAR É REPRESENTADA PELOS PRONOMES PESSOAIS "ELE"
ou "ELA" e A TERCEIRA PESSOA DO PLURAL, "ELES" ou "ELAS".

                     No imperativo, A 3A. PESSOA DO SINGULAR É REPRE-
SENTADA PELO PRONOME PESSOAL (ou de tratamento?) "VOCÊ" (para substituir "ele" ou "ela") e "VOCÊS" (para substituir "eles" ou "elas").

4) O IMPERATIVO TEM DUAS FORMAS : AFIRMATIVA e NEGATIVA.
                     
                     Vamos desmembrar a conjugação do imperativo    em
duas páginas : A DE HOJE - EM QUE APRENDEREMOS A CONJUGAR O
IMPERATIVO NEGATIVO, QUE É MAIS SIMPLES - E, EM NOSSA COLUNA
DE AMANHÃ, A CONJUGAÇÃO DA FORMA AFIRMATIVA).

                      Vamos lá ? Engatilhados?

                          CONJUGANDO O IMPERATIVO NEGATIVO :

                          (Excluindo completamente  a primeira pessoa
                           e na 3a. pessoa do singular substituindo
                           "ele" ou "ela" por você; e na 3a. pessoa do plural
                           substituindo o "eles" ou "elas" por vocês)...O IM-
                           PERATIVO NEGATIVO É TOTALMENTE BASEADO
                           NA CONJUGAÇÃO DO SUBJUNTIVO PRESENTE.

                           obs.: como é o IMPERATIVO NEGATIVO, NÃO ES-
                                   QUECER DE COMEÇAR A CONJUGAÇÃO   DE
                                   CADA PESSOA COM A PALAVRA "nÃO".

                           Vejamos como o subjuntivo é utilizado no impe-
                           rativo negativo :

                                 OBSERVE A CONJUGAÇÃO DOS DOIS :

                                  VERBO UTILIZADO : GANHAR


SUBJUNTIVO PRESENTE                 IMPERATIVO NEGATIVO
 
(Que) Eu ganhe                                (não é conjugado)
(Que) Tu  ganhes                          NÃO ganhes tu
(Que) Ele/ela ganhe                       NÃO ganhe VOCÊ (e não, ele)
(Que) Nós ganhemos                      Não ganhemos nós
(Que) Vós ganheis                         Não ganheis     vós
(Que) Eles/elas ganhem                  Não ganhem VOCÊS (e não,eles)
                           
                                   Conclusões a que podemos
                                   chegar, comparando      os
                                   dois tipos de conjugações :

- No imperativo negativo, não se usa o "que" do subjuntivo;
- No imperativo negativo, usa-se OBRIGATORIAMENTE
  o advérbio de negação "não)
- No imperativo negativo, A 1A. PESSOA DO SINGULAR NÃO É CONJUGADA;
- No imperativo negativo, os pronomes ELE/ELA são substituídos por VOCÊ ; e os pronomes ELES/ELAS, por VOCÊS.

                                    Uma pergunta deve estar sendo feita pelo
amigo leitor : se o pronome EU não pode ser usado na conjugação do
imperativo, POR QUE O PRONOME "nós" (1a. pessoa do plural) PODE´,
SABENDO-SE QUE NO PRONOME NÓS ESTÁ INCLUÍDO O PRONOME "eu"?

                                     Simples a resposta : Eu não posso dar or-
dem A MIM, mas posso dá-la a quem estiver comigo e formando o nós.
Deu para entender? È o caso de eu dizer para o grupo que está comi-
go e que está de partida : NÃO PARTAMOS AGORA ! (a ordem contida
nessa frase está mais direcionada aos que estão comigo do que a mim
propriamente dito).

                                      Mas, voltando à conjugação do imperati-
vo negativo, para fixar o padrão indicado, vamos conjugar um outro
verbo : O VERBO "PARTIR" :

subjuntivo presente                     imperativo negativo
(Que) eu parta                             (não é conjugada a 1a. pessoa)
(Que) tu partas                           Não partas tu
(Que) ele/ela parta                       Não parta VOCÊ (no lugar de ELE)
(Que) nós partamos                      Não partamos nós
(Que) vós partais                         Não partais vós
(Que) eles/elas partam.                 Não partam VOCÊS(No lugar de
                                                                           ELES).

                                       (Para fixar ainda mais, escolha um outro
verbo e pratique, conforme os dois exemplos acima).

                                        Amanhã, a gente se vê por aqui ...(esse
fechamento está lembrando um bordão da "vênus platinada" ...eu, hein?
                   
                                         I meet you tomorrow!
                                   
                     
pedralis
Enviado por pedralis em 08/11/2007
Código do texto: T728739
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
2596 textos (2748895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/14 22:40)