Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

V e r b o - capítulo 6 : VOZES VERBAIS



                                 O assunto "vozes verbais" ESTÁ DIRETAMEN-
TE LIGADO AO PAPEL QUE O SUJEITO EXERCE NA FRASE (se é SUJEI-
TO -"AGENTE" - aquele que pratica a ação -; se é SUJEITO-" PACIENTE" - aquele que sofre a ação -; ou se SUJEITO-"AGENTE E
PACIENTE" ao mesmo tempo : ele pratica e sofre a ação ao mesmo
tempo).


                                  Assim, temos TRÊS TIPOS DE VOZES :


A) Voz ativa
B) Voz passiva
C) Voz reflexiva.


1. VOZ ATIVA
 
    Neste tipo de voz verbal, temos estas características :
    1.1 - O SUJEITO PRATICA A AÇÃO ( = é "SUJEITO AGENTE")
            Exemplo : "Eles fizeram o trabalho".
                          (O sujeito - aqui representado pelo pronome pes-
                                          soal "ELES" - é quem pratica a ação.
                            E qual é a ação praticada por esse sujeito ?   O
                                          ato de FAZER O TRABALHO.

     1.2 - A ORAÇÃO EMPREGA  A P E N A S   UM VERBO.
             Tomando-se por base o mesmo exemplo acima, o único ver-
              bo empregado é "FIZERAM".

     Logo, como o exemplo acima preenche ESSES DOIS REQUISITOS
     OBRIGATÓRIOS, PODEMOS DIZER QUE O EXEMPLO DADO SE EN-
     QUADRA NO  TIPO DE   V O Z    A T I V A .


2. VOZ PASSIVA
    Nesse típo de voz verbal, temos as seguintes características :
    2.1 -  O SUJEITO SOFRE A AÇÃO (=SUJEITO PACIENTE) .
             Ex.: O trabalho FOI FEITO por eles.
                   Nesta oração, "o trabalho" PRATICA A AÇÃO?
                   Claro que não : o trabalho é FRUTO DA AÇÃO DO HO-
                                        MEM. Neste caso, a ação continua
                                        sendo "o trabalho" (e essa ação tam-
                                        bém representa o SUJEITO PASSIVO);
                                        e quem pratica essa ação é chamado
                                        de AGENTE DA PASSIVA (que age sobre
                                        o sujeito-paciente, aqui representado
                                        pela expressão "o trabalho").

     2.2 - QUANTO À QUANTIDADE DE VERBOS, NA VOZ PASSIVA,
             o b r i g a t o r i a m e n t e  TERÁ QUE HAVER UMA LOCU-
             ÇÃO VERBAL (aqui, um conjunto de 2 verbos : o verbo "ser"
                                conjugado e o verbo principal - FAZER - sem-
                                pre no particípio passado) .

     2.3 - PRESENÇA DO "AGENTE DA PASSIVA" .
             Que é sempre o correspondente ao núcleo do sujeito na
             voz ativa, PRECEDIDO PELA PREPOSIÇÃO "POR", "PELO", "PE-
             LA", etc.

                        Repetindo o exemplo usado para a voz passiva, para
      fazermos os enquadramentos aos requisitos acima relacionados :
   
               "O TRABALHO FOI FEITO POR ELES"...

               "O trabalho" funciona como SUJEITO (porque responde
                                a pergunta : o que é que foi feito por eles?)
                                Mas é um sujeito classificado como sujeito-
                                paciente, PORQUE SOFRE A AÇÃO DO AGEN-
                                TE DA PASSIVA.

                "FOI FEITO" = constitui uma LOCUÇÃO VERBAL, OUTRO
                                 R E Q U I S I T O    O B R I G A T Ó R I O
                                 na voz passiva.

                "POR ELES" = representa o AGENTE DA PASSIVA
                                 Recebe esse nome porque se a frase  da
                                 voz passiva for convertida em voz ativa,
                                  O NÚCLEO DESSE AGENTE DA PASSIVA
                                  passa a ser o SUJEITO-AGENTE.

                        ........................................................

             (ANTES DE VERMOS O ÚLTIMO TIPO DE VOZES DO VERBO,
              A VOZ REFLEXIVA, VEJAMOS  COMO É FEITA A CONVERSÃO
              DE UMA FRASE DA VOZ ATIVA PARA A PASSIVA E VICE-VER-
              SA)

                              OBSERVE O EXEMPLO A SEGUIR :

                                 "O MAR AFUNDOU O NAVIO" .
 
                        (É uma frase de voz ativa, porque :
                          o sujeito - O MAR - pratica a ação.
                          Ação praticada : afundar o navio.
                          Só há UM VERBO - o verbo principal "afundou" - e
                          não, uma locução verbal)

                                 
                           CONVERSÃO DESTE EXEMPLO, DA VOZ ATIVA
                            PARA A VOZ PASSIVA :

                     "O NAVIO FOI AFUNDADO PELO MAR".

                                `Para fazer essa conversão, fizemos
                                  as seguintes alterações na frase :

                       - O que, na voz ativa, era sujeito (O MAR) pas-
                          sou a ser AGENTE DA PASSIVA.
                       - "O navio" passou a ser o "SUJEITO-PACIENTE"
                           (ou aquele que sofre a ação)
                        - O verbo da voz ativa ("afundou") foi substituí-
                           do pela locução verbal (foi afundado) .
                         - O que não havia na voz ativa - AGENTE    DA
                            PASSIVA - passou a existir na voz passiva
                            (pelo mar).

                          .......................................................

 
                          Outro exemplo, agora com CONVERSÃO DA VOZ
                           PASSIVA PARA A VOZ ATIVA.
                                       
                                    (já convertida para a voz ativa)

                                   "Os garotos pintaram o muro".
         
                           Esta é uma frase de VOZ ATIVA porque :
                           - "Os garotos" representa o sujeito.
                           - Esse sujeito PRATICA A AÇÃO.
                           - Só houve o emprego de UM VERBO (pintaram).

                                 Para fazer a conversão dessa frase de voz
                            ativa para voz passiva, ELA TERÁ QUE SE TRANS-
                            FORMAR EM :
                                 
                            "O muro foi pintado pelos garotos.

                                       Alterações efetuadas :

                            "Os garotos" que na frase de voz ativa era
                                         o sujeito, agora, na voz passiva
                                         passa a ser AGENTE DA PASSIVA.
                             "O muro" (nesta frase de voz passiva) repre-
                                         senta o sujeito-paciente, PORQUE É
                                          QUEM SOFRE A AÇÃO.
                             A forma verbal "pintaram", que foi usada na
                             voz ativa (um só verbo) transforma-se    na
                             locução verbal (2 verbos) na voz passiva.

                                  ............................................


3. VOZ REFLEXIVA

    Este tipo de voz tem como características :

    3.1 - Só emprega UM ÚNICO VERBO, mas esse verbo OBRIGATO-
            RIAMENTE TERÁ DE SER DO TIPO "pronominal "(aquele  do
            qual o pronome oblíquo átono é parte integrante);

    3.2 - O sujeito, ao mesmo tempo, PRATICA e SOFRE A AÇÃO.

                             Exemplo de uma frase empregada na
                             VOZ REFLEXIVA.

                             "O rapaz barbeou-se"

                  Fazendo o enquadramento desta frase para a voz
                  reflexiva :

                  O rapaz = corresponde ao sujeito.
                  O sujeito desta frase, ao mesmo tempo pratica e sofre
                              a ação (barbear-se).
                   A frase NÃO EMPREGA LOCUÇÃO VERBAL.
                   O verbo da frase É DO TIPO PRONOMINAL (só pode
                               ser conjugado acompanhado do pronome oblí
                               quo : eu me barbeio, tu te barbeias, ele se
                               barbeia...).


                                         Assunto complicado ou nem tanto ?
                         
pedralis
Enviado por pedralis em 28/03/2008
Código do texto: T921117
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
2733 textos (2830259 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/14 04:58)
pedralis



Rádio Poética