Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

436-GLOSA de uma TROVA de Cacal-CARVERSOS (Carta em versos TROVADORES )

436-GLOSA de uma TROVA de Cacal-CARVERSOS (Carta em versos TROVADORES também chamada CARQUADRAS: Carta em Quadras)

De: Sílvia Araújo Motta
Para: Cacal

Belo Horizonte, mineira,
dia onze, mês de abril,
minha tela prazenteira
do computador sorriu.

CACAL, que bela surpresa
encontrar-te TROVADOR,
tua TROVA, com certeza,
tem cultura e tem valor!

Gosto de escrever CARTROVA,
ou simplesmente, CARVERSOS,
qualquer TROVADOR aprova
escrever cartas em versos.

Sou a Sílvia Professora,
bem feliz aposentada,
repentista e escritora,
violonista, apaixonada.

Quero te enviar abraços,
da brisa, a doce canção,
um sorriso em lindos laços
coloridos de emoção.

Uma GLOSA, quis fazer
para a amizade estreitar...
É tão gostosa de ler:
-Tua trova vais cantar:

MOTE / TROVA perfeita de Cacal:

1-As flores da laranjeira(7)
2-que vejo no meu quintal(7)
3-são oferta verdadeira(7)
4-de um buquê celestial.(7)

GLOSA de Sílvia Araújo Motta:

1-AS FLORES DA LARANJEIRA
tão brancas e perfumadas
enfeitam sobremaneira
as noivas apaixonadas.

As laranjeiras plantadas
2-QUE VEJO NO MEU QUINTAL
com doçura, são regadas
pela força universal.

Basta ver da terra inteira,
do céu e mar, a beleza:
3-SÃO OFERTA VERDADEIRA
por certo, da natureza.

Cada mensagem da TROVA
tem valor primordial,
pequeno frasco dá a prova
4-DE UM BUQUÊ CELESTIAL.

Belo Horizonte, 11 de abril de 2006.

silumotta@hotmail.com
www.recantodasletras.com.br/autores/silviaraujomotta
---***---
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 12/04/2006
Reeditado em 15/04/2006
Código do texto: T137990
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (669107 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:18)
Silvia Araujo Motta