Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trovas


Surge uma estrela no poente!

Quando, à tarde, o sol se apaga,

não chores inutilmente:

Se o destino um sonho esmaga.



Dos olhos de quem não chora,

guardada na profundeza,

que ao resto jamais aflora,

existe muita tristeza.



Faz de estrelas seu rosário,

recolhida na clausura,

no seu eterno fadário,

A noite serena e pura.



Que nos faria feliz,

justamente aquele “quase”,

que alguém pensa mas não diz...

Reticências... Uma frase!



Ivete Tayar
(autora)



Direitos Autorais Reservado
Lei nº 9.610


Ive
Enviado por Ive em 19/05/2006
Reeditado em 19/05/2006
Código do texto: T158984
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
217 textos ( leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:04)