Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVAS DIVERSAS (3)

- Trovador é sonhador -,
Sonha na trova clamar
Com infinito esplendor
A intensidade do amar.


Trovo porque tenho amor
Dentro do meu coração;
Quem não tiver coração
Não me escute por favor!


Meu Brasil tem trovador,
Repentista e cantador!
Trova, cordel ou repente
Faz a alegria da gente!


Trovo alegre como sou!
Porque não quero ver pranto
Na estrada por onde vou
Disseminar o meu canto!


Trova que absorve energia
Que pulsa no fundo d’alma,
Produz total sinergia
No leitor! Que bate palma!


Trovar sem ler Coração
É como poetar sem musa,
Não provém da inspiração
A linguagem que poeta usa.


Na desventura do amor!
Perdido em imensa dor!
Leia o doce e vero Clamor!
Do teu amigo Trovador!


Do que é feito cada trova:
De sete sílabas poéticas;
Rima consoante que prova
Seguir-se normas estéticas...
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 07/09/2006
Reeditado em 23/05/2008
Código do texto: T234923
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116443 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:45)
Alexandre Tambelli