Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A minha falta de fè.

Por caminhos tortuosos.que a lugar nenhum conduz.
Seguia eu no escuro,almejando um raio de luz
Desprezando leis e regras,que somente o bem produz
Abraçando a ignorancia,que a sensatez não traduz
Ouvindo discursos vazios,que sò a um idiota seduz
Não ouvindo conselhos brilhantes,que como ouro reluz
A bebida era o meu refugio,Feliz;como sò um pecadoe deduz.

Me escondendo da verdade,seguir assim eu propus
Em algo sem fundamento,minha confiança eu pus
Devido a falta de fè,a chance de progredir se reduz
No auge da rebeldia,muita insensatez eu compus
Criei um mundo sò meu,no rosto tinha um capuz
Meu lar distante da paz,e a nada eu fazia jus
Sorriso de esposa e filha,apagado sem brilho e sem luz.

E quase no fundo do poço,com meus sentimentos nus
Então eu tirei a mascara,e meus problemas a Deus expus
E uma paz muito grande,nesse instante na alma introduz
Então eu me vi orando,e de joelhos me pus
Meus olhos foram se abrindo,e vi brilhar uma grande luz
E alguem me disse sorrindo,humilhe e abrace tua cruz
Trilhe agora o caminho certo ,e este caminho è Jesus.
 

Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 19/09/2006
Código do texto: T243705
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 63 anos
6223 textos (162969 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:41)
Pedro Nogueira