Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRIBUTO AO RECANTO



                                                                                                     SP, 04/10/2006
I
Há tempos procuro um cantinho,
Para voz dos poemas eu cantar...
Um recanto que abrigue o canto
Dos versos que eu improvisar!


II
Um canto de almas sensíveis,
Que saiba minha voz escutar...
Que ouça com a mesma poesia,
0 som do meu canto a soar...


III
Cantinho aonde eu conte meus contos...
O tudo que tenho a contar!
Que ouça os meus desenganos...
Sem nunca me recriminar!

IV
Meu canto de voz modulada...
A outras que venham cantar!
Que unam as minhas palavras...
Àquelas que eu necessitar!!


V
Recanto dum canto afinado
Com rimas dispersas no ar...          .
Que enfeitem a bela jornada...
Dos cantos que hei de clamar!


VI
Meu canto... que além dum recanto...
Precisa a voz propagar...
Do mundo...para os quatro cantos...
Não pára, nem pra descansar!




VII
Recanto das letras grafadas...
No mundo da imaginação
Cantinho aonde a poesia,
Transforma qualquer coração.

MAVI
Enviado por MAVI em 04/10/2006
Código do texto: T256195

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
5333 textos (331855 leituras)
987 áudios (86561 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:48)
MAVI