Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um tributo ao meu pai.

Aprendi bem cedo,ainda criança
Que ter fè e muita esperança
È algo bom na vida de um homem.
Aprendi que è preciso ter dignidade
Vivendo a vida com sobriedade
E ter muito cuidado e zêlo pelo nome.
Aprendi o que è ter respeito
Que è preciso ser correto e direito
Valores que nem o tempo consome.

Foi bem pobre a minha infancia
E logo aprendi a dar importancia
No quanto vale ser digno e honesto.
Embora ser pobre,tem que ser honrado
Porque contra o fato consumado
Se torna de pouca valia o protesto.
Mas a fè em Deus è bem mais importante
Dobrar o Joelho em oração constante
Ai não è preciso se preocupar com o resto.

Aprendi que preciso traçar uma meta
E ter sempre em mente uma idèia concreta
E isso certamente è como um escudo.
Eu fui criado com pouco recurso
Por isso aprendi nesse arduo percurso
Que o dinheio tem o seu imenso valor
Mas isso porem na vida isso não è tudo.
Sempre fui responsavel pela minha ação
E è muito dificil tomar uma decisão
O mundo tão evoluido e eu tão pouco estudo.

Mas sei que viver tem pouco mistèrio
Se tiver coragem e trabalhar sèrio
Pois não è defeito um homem ser pobre.
Este ensinamento eu sempre contemplo
Pois ele foi me dado baseado no exemplo
E è bem ai que a gente descobre.
O valor de um velinho de pouca instrução
Para quem não o conheceu,era assim o seu João
Sempre me ensinando que ser humilde è ser nobre.

Vê se não atrapalha, se não pode ajudar
Ele sempre dizia ao ma aconcelhar
Tudo isso eu aprendi e não esqueço jamais
Em 2006 no dia 7 de agosto
Por ordem de Deus ele deixa o seu posto
E para a Estancia Celeste, sereno se vai
Pela fè,o plano de Deus a familia aprova
Em nome de todos eu elborei esta trova
È o esse o tributo ao seu João o meu pai.



Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 13/10/2006
Código do texto: T263783
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 63 anos
6223 textos (162953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:37)
Pedro Nogueira