Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por um triz.

Eu hoje estive pensando
Nas coisas que eu ja fiz
De algumas eu me arrependo
E prometo não pedir bis
De outras tenho saudades
E ao lembrar me sinto feliz
Tem coisa que aconteceram
Com certeza não porque eu quiz
Sofri um acidente de carro
E não morri por um triz.

As vezes eu me recordo
De algo que me deixa infeliz
Mas fico queito e suporto
Pois julgar a mim não condiz
Tem coisa que a chuva apaga
Porque foram escritas com giz
Tem coisa que para acontecer
È sò assinalar com um xis
Toda vez que eu vejo um altar
Lembro que não fui padre por um triz.

Para se resolver muita coisa
E colocar os pingos nos is
Deixa escapar o peixe grande
Sacrificando os lambaris
Eu jà passei por poucas e boas
Mas nunca deixei meu paìs
Jà passei fome na minha infancia
Era ali meu tempo de aprendiz
Foi um aprendizado dificil
Não perdi minha fè por um triz.

Jà fui escravo da cachaça
Vivendo rodeado de imbecis
Era um ambiente muito fajuto
Debruçado no balcão dos butiquins
Depois de muito perambular
Com a graça de Deus minha vida eu refiz
Mas nada aconteceu por acaso
Pois o meu ego a todo momento me diz
Tenha certeza que a mão de Deus
Foi sempre na minha vida esse triz.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 26/10/2006
Código do texto: T273729
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 63 anos
6223 textos (162994 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:14)
Pedro Nogueira