Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORES DE TRACUATEUA (Canto nº 1)


DO ETERNO IMPEDIMENTO
Escrever sob encomenda,
ai! que impedimento vário,
é como a cana à moenda
girando ao lado contrário.

LÁBIOS POENTES
Sob teus lábios poentes
por mais que a lua descambe,
os meus lábios, língua e dentes
mordem, sugam, sorvem e lambe.

PARA DIAS MELHORES
Em tudo vejo a certeza
que dias melhores vêm,
meu verso por sobre a mesa
espera não sei por quem.

ALMA BRANCA
Para quem me fala rude
tenho luas no armário,
recolhi o mais que pude
do meu peito branco-agrário.

SONHOS NUBLADOS
Quantas coisas eu faria
com os meus sonhos nublados
que hoje, cedo do dia,
deixei em casa, acamados.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 30/06/2005
Reeditado em 30/06/2005
Código do texto: T29466
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:17)
Enzo Carlo Barrocco