Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENHO QUE RIR COM OS AMIGOS!

TENHO QUE RIR!

Desculpa, mas, tenho que rir
Você chegou, de cara fechada
Eu por aqui, não devo mentir
Com aquela vontade danada!

PCOELHO


Ri-te, ri-te e aproveita
Essa vontade danada
Que o corpo não enjeita
E deixa a alma lavada!

Lucibei



Ri se, acaso, tens vontade...
A minha cara amarrada
Não era birra, nem nada.
Era somente saudade!

HLuna



Rir para a alma alegrar
rir para não chorar
O riso retira a dor
dando vez para um novo amor!

ÐäMå Ðë ÑëG®ö




Não me quero desculpar,
passei aqui a fugir,
sem vontade de cantar,
e muito menos de rir...

HENRICABILIO




Muito riso pouco siso,
Me ensinaram na infância,
E quase perco o juízo,
Por manter a concordância!

Kathleen ML



Agradeço aos poetas: lucibei, HLuna, Dama De Negro, HENRICABILIO, Kathleen ML, pela participação nessa composição e convido todos os amigos poetas, para juntarem-se a nós, nessa "trovoada" de risos!
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 27/11/2006
Reeditado em 08/12/2006
Código do texto: T302403

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470284 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:34)
paulo cesar coelho

Site do Escritor