Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUAS DE AJURUTEUA (Canto nº 3)

PAISAGEM E VERÃO
As parabólicas brancas
enchem a paisagem e o verão,
para ver lua e andorinhas
eu ligo a televisão.

QUARENTA E SETE
A BR se ilumina
no infinito do dia,
o vento agita as folhagens
paz em Santa Luzia.

O UNIVERSO DA MENTE
Meu verso, pássaro belo,
remonta vôo; conseqüente
luz verbal nascida hoje
no universo da mente.

EU QUERO QUE VOCÊ VEJA...
....A moça que se mistura
às estrelas. Algum desgosto;
saia justa, noite injusta;
nenhum sorriso no rosto.

FINAL DE TARDE
No fim da tarde, a chuva
breve, rápida, fugaz,
obriga um sol encurvado,
de soslaio, olhar pra trás.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 06/07/2005
Reeditado em 26/03/2008
Código do texto: T31712
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:02)
Enzo Carlo Barrocco