Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVAS II

NÃO FAÇO TROVAS PRA MIM,
EU AS  ESCREVO E PUBLICO,
SE O VERSO É BOM OU RUIM,
JULGUE-O QUEM LÊ, POBRE OU RICO.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A TROVA TEM QUATRO VERSOS
DE UMA BELEZA SEM PAR,
SINTETIZANDO O UNIVERSO
NUMA NOITE DE LUAR...
++++++++++++++++++++++++++++++++++++

ESCREVER TROVAS DE AMOR
TENDO AO LADO QUEM ME INSPIRA,
NÃO É FÁCIL, NÃO, SENHOR:
OU SE ESCREVE OU SE SUSPIRA.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++
EMILIO CARLOS ALVES
Enviado por EMILIO CARLOS ALVES em 03/10/2005
Reeditado em 02/02/2007
Código do texto: T55968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMILIO CARLOS ALVES
Santos - São Paulo - Brasil, 69 anos
167 textos (52121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:22)
EMILIO CARLOS ALVES