Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caixinha de surpesa.

Coração terra que ninguem manda
E não exite quem controla
Só seu dono escuta quando grita e faz demanda
Só ama a quem quer e pra boato não dá bola.

É uma caixinha de surpresa
E tem as redeas do comando
E só da solidão tem medo
Nasce vive e morre amando.

É uma fonte inesgotavel
De vontade de amar
Passa a ser vulneravel
Na sua arte de se doar.

Precisa ser compreendido
E quantas vezes não é
Atordoado e combalido
Mas sem nunca perder a fé.

Duas vezes nunca pensa
Um coração apaixonado
E só descobre que não compensa
Depois de ser deprezado.



Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 26/08/2007
Código do texto: T625060
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 15:56)
Pedro Nogueira