Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Donzela se confessa ao Padre do Condado

Santo Padre, hei amado,
sãos instantes de ternura:
por que desejo é o pecado...
minha dor... minha loucura?

De nuvens o sol se cobre,
não muda as fases a lua,
divido o amor entre um nobre
e um plebeu que me ama nua!

Assim gira o carrossel,
todo o tempo, aventureiro:
choro por um menestrel...
durmo com um cavaleiro...

Rezo doze Ave-marias,
jamais finda essa novena:
entorpece as alegrias
o veneno da falena!
Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 24/10/2005
Reeditado em 24/10/2005
Código do texto: T63038
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351740 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:34)
Nel de Moraes