Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na mesma tecla.

O meu coração questiona
Como pode sofrer por amar
Uma paixão que pressina
Fazendo a alma chorar.

Não seria mais viavel e pratico
E teria muito mais sabor
Dois corações num esquema tatico
Se desmanchando de amor?

Veja quanto tempo se perde
Nesta vida um ser humano
Ouvidos e atançaõ concede
A frases idiota de qualquer fulano.

Deixa sempre pra depois o amor
E na pressa dispesar um carinho
É um cruel desconforto,um dissabor
Ficar sofrendo de amor sózinho.

Até quando na mesma tecla eu vou bater
Como poeta,como homem que ama
Ninguem mais sabe que sem amor não é viver
Ou será que só a chata da minha alma reclama.

Pra mim o amor é imprencidivel
E sem amar eu não vivo não
Tambem não vejo nada de incrivel
Um poeta tão cheio de amor e paixão.

Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 11/09/2007
Código do texto: T647197
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:33)
Pedro Nogueira