Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ...


Madrugada, Brisa fria...

Ninguém pra me agasalhar

Nesta vida tão vazia

Preciso te encontrar.
***

Mira Ira
Encontro-me aqui sozinha,
procurando te encontrar;
dói na alma um vazio
de tanto te esperar.
***

Milla Pereira
Sozinha eu vou seguindo
a minha vida vazia...
e solidão vou sentindo
em minha alma tão fria.
***

MariSaes
Em minha alma tão fria
Lateja uma solidão
É triste e tão sombria
As marcas da ingratidão.
***

Sônia Maria Cidreira de Farias
Quando chega a solidão,
minh'alma sofre a chorar.
O pranto é u'a canção
para a dor amenizar!

Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 15/09/2007
Reeditado em 18/09/2007
Código do texto: T654266
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (394370 leituras)
2 e-livros (182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 10:33)
Hull de La Fuente