Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

     
  
     O trem....



O trem faz um vuco vuco...
Vuco vuco...sem parar.
É um som meio maluco.
Deste jeito vou pirar!


soninha



Deste jeito vou pirar,
Tonto com o vai e vem.
Meu Deus onde vou parar,
prá onde me leva este trem?!


Aldo Lopes




Te leva para um lugar
onde não há muita dor.
Onde a tônica é amar
com alegria e fervor!



Mas se você desejar,
pode fazer paradinha
prá tomar banho no mar
e u'a boa cervejinha! 


soninha (você escolhe...)
 





Com alegria e humor...
este trem não vai parar
eu irei pra onde ele for
vou seguir seu desejar



Uma boa cervejinha
nunca poderá faltar
Levo um quarto de farinha
pra nossa fome matar!


Aldo Lopes




Pra nossa fome matar,
vou levar a rapadura
dentro do meu alguidar.
Ela é doce,mas é dura!...


soninha
(logo mais vou trabalhar...)




Não é doce, mas é dura
a vida de quem a come,
pois na seca que perdura
rapadura adoça a fome!


Aldo Lopes




Rapadura adoça a fome,
do meu povo nordestino.
Um povo de bravo nome,
que é bravo...de menino!


soninha




Este trem é um traquino
que corre pra la e pra cá
Ele traz pro nordestino
a fé que a seca se vá!


Aldo Lopes




A fé que a seca se vá
é um sonho acalentado.
Mas enquanto ela durar,
como sofre o coitado!


soninha




Como sofre o tal coitado
que tem que limpar o trem,
farinha pra todo lado
e mel de cana também.


Aldo Lopes




O mel de cana é melaço,
a farinha é mandioca.
E pra sanar o cansaço ?!
O guincho vem e reboca!


soninha




O trem que outro reboca,
é um trem rebocador
Eu quero comer taboca,
mas não passa vendedor!


Aldo Lopes




Se não passa vendedor,
você chupa pirulito,
ele tem de toda cor...
É um doce no palito!


soninha





Pirulito causa sede,
não dá pra ser picolé?
Para não sujar a rede,
eu permaneço de pé.


Aldo Lopes




Picolé é tão gelado...
Inda não está calor.
você vai ficar gripado
e a garganta sentir dor!


soninha




Quando sinto a garganta
fumo logo uns dez cigarros
Depois peço a Santa Anta
pra aumentar meus pigarros!


Aldo Lopes




Olha lá a leviandade...
Sua vida é um grande bem
Se a deixas nesta idade
vais chorar,como ninguém!


soninha




Já lhe disse certa vez,
lágrimas são para chorar,
portanto não há talvez,
uma hora vou vazar!


Aldo Lopes




Quem "vaza" é o xixi
quando a fralda não é boa.
Na vida vamos sentir
que a coisa não é à toa!


soninha





Velho também faz xixi,
usa fralda e encerado,
mas tem gente que até ri,
achando-se imunizado!


Aldo Lopes




Elixir da juventude
é conto da carochinha
E quem tiver atitude,
compre logo a fraldinha!


soninha




As fraldinhas custam caro,
não são para aposentados
Sem benefícios encaro
uma fila de agregados.


Aldo Lopes




Tem fraldinhas de chitão
que não custam muito caro.
Elas levam um tempão
sem fazer nenhum reparo.


soninha




Há anos que tenho dessa,
está rala e esgarçada
O xixi logo atravessa
e a calça fica molhada!


Aldo Lopes




Você deve usar errado
porque ela é bacana
Se você fica molhado
É por ser muito bacana!


soninha 

(Vou trabalhar amigo...bye....Bjsss)



Só tomo caldo de cana
quando faz muito calor
Corto o efeito com banana,
popular entupidor! 


Aldo Lopes



Eu tomo coca-cola...
Me refresca no calor!
E não dou nenhuma bola
pra este tal entupidor.


soninha



Eu não tomo coca-cola,
pois ela é cheia de gás.
O efeito que dela rola
sai pela frente e por trás!


Aldo Lopes
.




Que que é isso criatura,
não acontece assim não.
É apenas u'a mistura
mais potente que o limão!


soninha





Imagem do site google

http://www.tremdoarcoiris.com.br/



Mais uma vez,agradecida ao poeta Aldo pela atenção.PAZ!
Uma quarta feira alegre e mágica para todos.PAZ!
Sônia Maria Cidreira de Farias
Enviado por Sônia Maria Cidreira de Farias em 19/09/2007
Reeditado em 05/10/2008
Código do texto: T658895
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia Maria Cidreira de Farias
Jequié - Bahia - Brasil
2945 textos (221205 leituras)
1 e-livros (1013 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 10:00)
Sônia Maria Cidreira de Farias