Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muitas Trovas

Do dia a dia a renascer,
eu no tédio apodreço,
definhando pelos cantos,
querendo algo fazer...
-------------
que nao posto nada em aurora
eu sei... na aurora boreal?
pra mim é tão natural,
eu postar algo e ir embora.
----------------
Belo canto traz a alegria!
Quando cantas, meu alfenim,
no teu canto nasce o dia,
nasce um mundo só pra mim...
--------------
Sangrando a dor que não sai!
Estanco o corte, dói demais,
e burro no corte eu pus,
loção pós barba! Ai! Ai!
------------
Tua face vai brilhar!
Com protudos desta linha!
Uns creme de arrancar,
de verruga a afita e espinha!
---------------
nessa trova que encanta
rege história, fantasia,
rege astúcia na maestria!
Mate o tino e o bardo canta!
--------------
quero apenas por negar,
uso todo o meu argumento,
tomo um ponto sem alento,
só por arte de versar...,
--------------
pr'um agora que esta alem,
eu recito um pensamento...
"eu Possuindo algum vintém,
consigo meu casamento..."
---------------
a dor forte penumbra
quando escuto seu suspiro,
preciso disso e me inspiro,
feito um ópio... me vicio...
---------------
O querido bem amado,
tem guitarra, tem dinheiro,
ele toca numa banda,
mas é burro e retardado...

- Resposta de Renato

-mas é burro e retardado...-
Onde foi que ouvi tal coisa?
foi num conto mau gerado
ou numa analise afoita?

contra resposta
Foi numa analise afoita!
Que vejo todo o momento,
de mil casais em suas moitas,
de casos sem sentimento.
------------
escrevendo `a revelia
eu faço muita poesia,
escarrando todo o dia,
bem nos sonhos e utopias...
--------------
A durar uns dois mil anos,
o meu saco vai explodir,
pois estou de saco cheio em
tanta merda ter de ouvir....
-----------------
Parar com este arder!
Precisas é de pomada,
e não tens com que perder,
é tiro e queda a danada!
-------------
Leva o nome de babaca,
quem faz trovas, ou sonetos,
pois breguice e ultrapassada
é a arte e conhecimento!
----------------------
Cada dia se acentua,
eu sei disso vou morrer,
porque fui me meter
por ser lombada de rua...
-----------------------
Pois ao léu...ninguém merece...
ócio dá melancolia,
pois quem do trampo arredia,
uma hora desfalece ....
---------------------------
Uma hora desfalece,
quem se tranca no trabalho,
pois bem, pra que tanto malho
se todo mundo falece?
-------------------------------
Se todo o mundo falece,
e perco tempo no trampo,
eu neste mundo desando,
pois trabalhando, se adoece.
-- -- -- -- -- -- -- -- -- --
Se trabalhando, se adoece,
sem a comida, se padece,
e sem convênio, se falece,
uma saida... alguêm conhece?
-------------------- ---------
Uma saida se conhece,
ser naufrago, se consegue,
não ter conta pra pagar,
nem um banco pra cobrar...
-=-=-=-=-=-=-=-=-
tema:sapato e
menina pato

Um sapato, me disseram,
que te acertou, não confunda,
o que levaste meu amigo,
foi-lhe um belo pé na bunda!

menina pato.... de fato,
tem boca feito sapato,
um beiço grande e chato,
se deres beijo? me mato!
-=-=-=-=-=-=-=-
tema: Verde

Sou verde, sou garotinho,
ingênio e desprevenido,
eu posso ser sequestrado,,
levado a qualquer cantinho^^

E Muy verde são meus pés,
uns mofados e acredite,
já mataram pelo chulé,
traz de volta a sinusite.
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Tema: Verruga a afita e a espinha.

Tua face vai brilhar!
Com produtos desta linha!
Uns "creme" de arrancar,
a verruga a afita e espinha!

A verruga, a afita e a espinha
são donzelas feias: a afita
não beija bem, a verruga
é gordinha e peludinha.

Mas espinha? Como é?
Ninguém sabe explodiu.
Brigou com bicho de pé,
que é folgado e vadio
Geleiras
Enviado por Geleiras em 20/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T660154

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando meu endereço http://geleiras.blogspot.com, e o meu nome "Marcel Angelo"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geleiras
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
226 textos (4432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:54)
Geleiras