Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVAS COM AMIGOS E PARA AMIGOS II

Aqui no sul, fazer trova...
É como cantar o enrolar!
Quem ouve, diz e prova...
Ah...não venha me trovar!...
              (Maysa)

              A cordeona acompanha...
             -mi maior de gavetão-
              Quem dá mais "puaços" ganha!
              É assim por tradição!...
                 (Reneu do Amaral Berni)

As gurias quando trovam...
Enchem os pampas de emoção!
As pradarias cantarolam...
Ao som do acordeão!...
            (Malu Novo)

                         Ao som do acordeão
                         Tocas lamentos de dor
                         Partidos do coração
                         Em ecos d'um trovador!
                               (KYRIADALUA)

Ao som da gaita pampaneira...
Traduzem seus quereres!
Churrasco, mate e lareira...
O povo é feliz em prazeres!
               (Ledalge)
Maysa

Amar, é uma difícil arte...
Quando é entendimento!
Nunca se deixa à parte...
Tamanho sentimento!...
           (Maysa)

                          Amar...é difícil arte!
                          Praticada ao sabor...
                          Do que parte e reparte!
                          Sem perder o seu valor!...
                               (KYRIADALUA)

Difícil a arte de amar...
Se o amor não nos assiste!
Pois a um amor rejeitado...
O coração não resiste!...
           (Lucibei)

                           O amor por si é arte...
                           Que nos toca o coração!
                           Vem devagar e faz parte...
                           De toda nossa emoção!...
                                  (Milla Pereira)

Não resiste...
Mas insiste em amar!
O coração não permite...
Nele, a gente mandar!...
        (cassia dias)
Maysa

O ciúme e a paixão
Pecam na intensidade
Andam juntos como irmãos
Matam a felicidade
   (Anne Lorene)

                         Uma lasca do ciúme
                         salpicada de vaidade
                         é por certo o estrume
                         de nossa sociedade!
                            (KYRIADALUA)

Um, sem o outro, não vive
são calor da mesma brasa!
Eu, confesso, já os tive
vivendo na minha casa!
(Reneu do Amaral Berni)

                         Fingindo-se de apaixonado
                         O ciúme é o álibi da traição
                         Tudo que é exagerado
                         Com certeza engana um coração!...
                                   (Maysa)

................................................................................

                         AH! SE EU PUDESSE SABER,
                          QUAL A MULHER QUE ELE QUER...
                          QUE NÃO IRIA EU FAZER,
                          PARA SER ESTA MULHER.
                                               Dilma Faria Terra

Para ser esta mulher,
que chegou até aqui
tormentos, choros quaisquer
 no coração escondi!!
                           KYRIADALUA

AÍ ESTÃO MAIS ALGUMAS PÉROLAS QUE COLHI!
KYRIADALUA
Enviado por KYRIADALUA em 01/10/2007
Código do texto: T675590

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KYRIADALUA
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
158 textos (62229 leituras)
1 e-livros (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 15:25)