Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rimas caídas...



Trovinha que deixei na escrivaninha da poetisa Mira Ira


No chão colhi tuas rimas
que brincavam de ser flores,
Eram fadas purpurinas
Que cantavam seus amores.


****

(Zélia Nicolodi)

Eram cantos tão bonitos,
que guardei no coração!
Ficaram pra sempre inscritos
como uma terna canção...

*****

(Mira Ira)

Minhas rimas lhe esperaram,
em solitários movimentos vãos. 
Pousando como purpurina, 
diante do meu coração.

*****

(Angelica Arantes)

Diante do meu coração
vejo lindas flores
que alimentam a minha paixão
recordando velhos amores.

*****



Poetisa lindas, vocês nem podem imaginar o quanto a participação de vocês é importante para mim.
 Obrigada, de coração, 
Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 08/10/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T686084
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (394454 leituras)
2 e-livros (182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 01:20)
Hull de La Fuente