Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As mãos de DEUS.

Eu já não estou mais indeciso
Te digo que o que eu mais preciso
É das mãos de DEUS na minha vida
Pois sei só assim eu serei feliz
E então terei o mais procurei e quiz
Um coração alegre e uma alma desinibida.

Sei que muitos não entendem
Outos até homenagem rendem
A tudo que com carinho eu escrevo
Mas é as mãos de DEUS que unge este dom
E guiando a minha mão dá o tom
Na verdade tudo isso a DEUS eu devo.

Eu me considero um felizardo
Por ter nascido tão apaixonado
Por rimar trovar e fazer verso
Com certeza as mãos de DEUS que me norteia
POis sou só um minusculo grão de areia
Num cantinho do seu universo.

Nada temo porque DEUS é meu amigo
E eu sei que está sempre comigo
Até na hora da minha inutil rebeldia
Quando uma lagrima cai porque a saudade aperta
Chicoteando a alma deste simples poeta
Tornando assim trista a minha poesia.

DEUS nunca me deixa sózinho
E é na escases de carinho
Que Ele se faz ainda mais presente
Quando me sinto inutil pequeno e sem valor
Sinto Ele olhar nos meus olhos e dizer; há trovador
Eu te criei para viver amando e contente.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 12/10/2007
Código do texto: T690844
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:16)
Pedro Nogueira