Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não cansei!

Cansei do movimento “cansei”
Que nesses 500 anos nunca havia “cansado”
É que Brasil que tinha patrão
Hoje tem um empregado

Do juiz de time grande
Que de tanto apitar para um lado
Coitado do injustiçado!
É pênalti e falta adoidado

Cansei de ficar cansado
Olhando os conglomerados
Forjando opiniões
Simulando ar de cansado
Perdendo na queda de braço
Mas prometendo ilusões

Cansei de ver quem não sabe
Quem nem vê o próprio nariz
Querendo andar lado a lado
Sem chance em “O Aprendiz”

Cansei da última hora
Da consciência fabricada
Da mídia a serviço de si
E da imprensa comprada

Cansei de “e-mails cidadãos”
Ingenuamente servis
Dos que acham que em 6 anos
Só não fez porque não quis

Cansei das forças ocultas
Que o Jânio não inventou
Dos editoriais fajutas
Que o tempo ressuscitou

Não canso é de ver que a gente
Maioria da nação
Está ficando indiferente
A esta manipulação
Edbar
Enviado por Edbar em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699892
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 66 anos
2917 textos (84577 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:50)
Edbar