Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBREVIVENDO...


A minha embarcação
ancorei pertinho de ti.
Enganei a solidão,
só assim, sobrevivi!

soninha

Nas noites de solidão
minh'alma vai passear
em busca de um coração
que lhe queira abrigar

Ambrósio Henrique


Enganar a solidão
é um ato de saber
dum esperto coração
que aprendeu a viver!

Aldo Lopes.




Uma noite mágica para todos.PAZ!
Grata aos poetas pelas suas réplicas.


Sônia Maria Cidreira de Farias
Enviado por Sônia Maria Cidreira de Farias em 19/10/2007
Reeditado em 22/10/2007
Código do texto: T700456
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia Maria Cidreira de Farias
Jequié - Bahia - Brasil
2945 textos (219651 leituras)
1 e-livros (1013 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 04:55)
Sônia Maria Cidreira de Farias