Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANELA DE EMA
(Calliandra Tweedii)



Estes versinhos fazem parte do álbum de fotografias do meu amigo José Ricardo, álbum esse que tive o prazer de legendar com pequenos poemas e versículos bíblicos.



Bonita flor do cerrado
Que está sempre a suspirar,
Esperando o seu amado
Que demora pra chegar.



(Hull de La Fuente)
2004


A doce participação da poetiza Artmaze. Obrigada, querida amiga, seja muito bem vinda às trovas que eu faço.

A flor está no cerrado
Um amado a esperar 
Sua beleza se acabará
Se este amor não chegar!!!


Vejam que veio alegrar as nossas trovas, a querida poetisa MIRA IRA.
 
O amado chega logo, 
não
fique assim descontente.
Quando ele aqui chegar 
as coisas vão ficar quente.



Olha só quem acaba de entrar? A Angelica Arantes, que conosco vem trovar.


A flor e um encantamento
para seu amado olhar
aproveite o aquecimento
e beijos tentem trocar.
 


E agora o poeta que desistiu na metade, de ser uma escala musical : SILASOL. 

 
O tempo que durar
a flor da canela de ema,
é o tempo que vou me dar 
pra te colocar uma algema.
Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 22/10/2007
Reeditado em 05/11/2007
Código do texto: T704283
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (397974 leituras)
2 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 12:08)
Hull de La Fuente