Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquela paz.

Ser poeta é sonhar
E em poesia transformar
Tudo que cruzar o teu camunho
É falar de tudo um pouco
De um amor sincero e louco
E da falta de um carinho.

Ser poeta é chorar de saudade
Ao lembrar daquela felicidade
Que um dia partiu,foi embora
É ter vontade de voltar lá atraz
Buscar a qualquer custo aquela paz
Que sabe DEUS onde hoje mora.

Ser poeta é jamais duvidar
Que na vida vale a pena amar
E ao amor se entregar por inteiro
Sentir o peso de uma lagrima que desce
Provando que nunca se esquece
As juras do amor primeiro.

Ser poeta é carimbar no papel
A doçura e o amargo do fél
De quando se ama e é despresado
É viver sempre com um sorriso pronto
É perdoar e dar o desconto
Toda vez que for machucado.

Ser poeta é todo isso e bem mais
É amar e não condenar jamais
E nunca demonstrar resentimento
É viver sempre com uma flor na mão
E entregar totalmente o coração
E todo desprezo sepultar no esquecimento.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 28/10/2007
Código do texto: T713757
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164894 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:18)
Pedro Nogueira