Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVAS NO ALUAMENTO

CUM QUEM DISCUNVERSA

fico bravo di brincadeira
si ranco oreia aí mais cumprica.
cum oreia cunversa é bica,
sem oreia, só é surdo na feira.


ENFADONHA

num castelo adormecido
eu estava e tu também
tão tranquilo e convencido
de que a fada era meu bem.


HALLOWEEN

vou acabar sonhando com Xuxa
me salve, me acorda e segura
não me deixa em noite tão escura
no sonho beijar a outra bruxa.


PRÁ PROVOCAR TEU CORAÇÃO

por aqui tudo vai bem
versos vêm, versinhos vão.
- e saudade tem quem tem
do vai e vem do escovão?

tudo isso alucina
ai !... que saudades eu tenho
da menina no desenho
que usa cera parquetina...


NO CANTO CANTO

vem cantar no meu jardim
maritaca e passarinho
vem sem ter pena de mim
no meu canto tão sozinho.


SENSORES

esparramo no universo
o meu verso tão bonito
abre a antena pro infinito
prá sentir o que eu converso.


REMA-REMA

se esse rumo tem lugar
não é rima prá remar
Roma-Rio é rema mar
- só canoa de alugar...


(Trovas por mim escritas
na deliciosa brincadeira
"faça da última a primeira"
- mas faça trovas bonitas)

http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=40974620&tid=2562982026939911272&na=2&nst=157











































Marco Bastos
Enviado por Marco Bastos em 31/10/2007
Reeditado em 01/11/2007
Código do texto: T717754
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para "http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1583 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Bastos
Salvador - Bahia - Brasil, 73 anos
1717 textos (89286 leituras)
2 áudios (509 audições)
1 e-livros (793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:20)
Marco Bastos