Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O brilho azul de uma estrela.

Se eu for embora daqui pra outro canto
Levarei junto comigo o meu pranto
E a saudade fiel companheira
Vou conhecer outras paragens outra gente
Mas a dor que o meu peito sente
Irá comigo pela vida inteira.

É preciso mudar o meu jeito de ser
Sei que pra isso eu preciso esquecer
Este amor que a tempo acabou
Só que a alma ainda prefere te-la
Como o brilho azul de uma estrela
Que gravado em meu peito ficou.

E o tempo vai passando e não para
Como as aguas de um rio se compara
Foi levando para bem longe esta flor
Ficou a saudade que o coração não esqueceu
Pois o galinho de onde esta flor se desprendeu
Ainda não cicatrizou e me causa muita dor.

Se algum dia ela volta eu não sei
Mas a sua falta eu chorarei
Porque nunca vou deixar de querer
Esta linda flor que era tudo pra mim
A mais colorida de todo o jardim
E a sua partida só me fez eu sofrer.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 02/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T720769
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165293 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:56)
Pedro Nogueira