Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amei.

Quantas histórias eu tenho guardada
Em minha alma embrulhada
Em delicado papel de presente
Histórias que podem até comparar
Com um jeito meigo de amar
Deste meu coração paciente.

Amei em silencio por tempos a fio
Foi o mais cruel desafio
Que na minha vida enfrentei
Com medo que ela sofresse um dia
Nem mesmo na minha poesia
O seu nome eu falei.

Amei julgando ser amado
Mas não existia amor do outro lado
Por esta razão eu sofri e chorei
Mas eu dei a volta por cima
E pela minha alto estima
Mais uma vez eu amei.

Todas as vezes que amei
De coração e alma eu me dediquei
E mesmo sofrendo nunca me arrependi
Amei por um olhar um sorriso
Amei um coração indeciso
E amei por uma jura que ouvi.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 03/11/2007
Código do texto: T721865
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:29)
Pedro Nogueira