Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORTE INTERIOR Margarida Silveira (margale)

levanto bem cedo e começo a pensar
fico a meditar com os meus problemas
e penso que pena! não tenho alegria
não tenho amor e vivo somente
mantendo aparência,pois na realidade
minha morte é interior

morri e vegeto,não tem mais sentido
o mundo iludido pra mim foi fatal
vivo por viver,sou lata vazia
pintada por fora por dentro sem nada
perdida isolada na melancolia

não gosto de nada só quero morrer
parar de sofrer, deixar de viver,ir para o além
sei la se é um bem,mas quero tentar
assim como eu vivo,sem ter sentimentos
viver num tormento, até a morte chegar

e dentro do peito o punhal se cravou
a morte interior mudou minha vida
ja fui decidida e feliz um dia
hoje estou morta,nunca mais amei
sou triste eu sei,perdi a alegria
sou casca por fora,por dentro vazia.
margale
Enviado por margale em 18/11/2007
Código do texto: T742424
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
margale
São Miguel do Iguaçu - Paraná - Brasil
235 textos (8599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:49)
margale