Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na sombra de uma saudade.

Todo poeta tem a alma sonhadora
Tem a sua doce  musa inspiradora
E muitos bons motivos pra compor
Faz poesia sobre uma folha caida
E a sua fé está sempre  revestida
Com o brilho e a nobreza do amor
Quantas vezes em seu arduo  caminho
Tem como troféu o arranhão de um espinho
E o amargo despreso da cobiçada flor.

Mas mesmo a sofrer e a chorar
Ele nunca desiste de amar
E nem deixa morrer a sua esperança
É um ser forte,fragil e apaixonado
As vezes um monstro sagrado
Por sua viva e eterna perseverança
Reveste de diamante o seu destino
Mas tem a simplicidade de um menino
Pois na verdade todo poeta é uma criança.

O poeta é um singelo passarinho
Que no ramo dos seus versos faz o ninho
De onde contempla o azul do horizonte
E cada dia faz da rima a sua festa
Mesmo na multidão se sente numa floresta
Onde ao amor ele é fiél e é constante
As vezes medita na sombra de uma saudade
O revoar de uma borboleta pra ele é felicidade
Com a certeza de que só amar lhe é bastante.


Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 20/11/2007
Código do texto: T744057
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164894 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:34)
Pedro Nogueira