Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                             TROVAS 123a

Quem ama não tem vergonha...
  Se for necessário até rasteja!
Não deixa que fique enfadonha...
  Luta pelo amor, até que seja!...
                    (Maysa)



                                  Mas será que vale a pena
                                      por um amor rastejar,
                                  se a pessoa se apequena
                                     por se auto depreciar?
                                    (Reneu do Amaral Berni)


        Por amor, tudo vale a pena...
             Lutar por uma relação!
               Nunca nos apequena..
Engrandece, quando acaba em paixão!
                            (Maysa)


                                     Se rastejar for o jeito,
                                   um dos dois está errado,
                                  para ser um amor perfeito
                                  tem que andar lado a lado!
                                    (Reneu do Amaral Berni)


      Pois é meu amigo Reneu...
        O tal do amor de agora!
     Parece que o bicho comeu...
 Todo mundo se manda embora!...
                       (Maysa)


                                      Se acabar a relação,
                                        dá até para supor
                                    que era fogo, era paixão,
                                    mas que nunca foi amor!
                                    (Reneu do Amaral Berni)


Reneu, para viver um grande amor...
       Precisa muito fogo e paixão!
      Senão for quente e devorador!
Fica frio e as pedras rolam pelo chão!...
                            (Maysa)


                                     Eu continuo pensando
                                    que o ideal seja os dois,
                                   se a paixão vai apagando,
                                     fica o amor, pra depois!
                                    (Reneu do Amaral Berni)


      Ah, meu amigo teimoso...
Não percebes que sem emoção!
     O amor não fica amoroso?
 Precisamos do calor da paixão!
                       (Maysa)


                                 Mais uma vez, eu separo
                                       a paixão e o amor...
                               Se tens os dois, eu declaro:
                                tanto melhor, se assim for!
                                  (Reneu do Amaral Berni)


 Estou falando da ansiedade...
Que viver uma grande paixão!
  Me proporciona a saciedade...
    E me preenche o coração!...
                     (Maysa)

                                 Se só paixão tu preferes,
                                        e isso te satisfaz,
                                 eu respeito o que queres...
                                   Cada um sabe o que faz!
                                  (Reneu do Amaral Berni)

    Também não é assim...
É muito bom ser acariciada!
 Latente é o amor em mim...
Preciso demais ser amada!...
                 (Maysa)

Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 25/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T752235

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (327353 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:21)
Maysa Barbedo