Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONTO DO AMOR TOTAL
 
 

Flor de laranjeira
Barquinho em papel
Trovinha brejeira

Cantada em cordel
Fala da Aninha

Que sonhou um dia
Ser a Cinderela...
 
Lendo a sua sorte
Vidente falou
Que vinha do norte
O seu doce amor
O tempo predisse
Em que se faria
Encontro ansiado
De sua fantasia...
 
Chegou o momento
Por fim o tal dia
Que aos olhos brilhantes
Da meiga menina
O amor, se faria...
Encontro ao acaso
Tudo mudaria...
 
Mulato encantado
Montado ao cavalo
Aparece de estalo
Na curva da estrada...
Aninha, avoada
Um riso esboçou
Ao ver no horizonte
A face do amor!
 
Cavaleiro cansado
Logo foi chegando
Avistou um lago
Apeou do eqüino
Tirou seu chapéu
Lavou o seu rosto
Avistou a ninfa...
 
“Menina faceira
Qual Branca de Neve,
És ninfa do sonho
Que me apetece...
Dá-me tua mão
Delicadamente
Límpidas faceiras
Eu, meu coração...
 
Não! Não tenha medo!
Nossas almas se acharam
Vamos caminhando
Lá pra laranjeira
Tocando tua face
Vendo a timidez
Coração dispara
Borbulha o sangue...”
 
O primeiro beijo...
No corpo um calor
Que sufocamento
Explode um trovão...
Correm pelos corpos
Temor e desejo
Peça-a-peça caem
Tudo e o pudor...
 
Como Adão e Eva
Uma descoberta
Gosto de morango
Chuva pelo corpo
Refresca o calor
Escorre suores
Tudo se evapora...
 
Passa logo a chuva
Brilha um novo sol
Flor de laranjeira
Fecundou-se, então...
Céu em fogo agora
Ruboriza à tarde
Lírio rubro nasce....
 
ANA MARIA GAZZANEO
GONÇALVES REIS
Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 02/12/2007
Código do texto: T762244

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (73731 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:17)
Gonçalves Reis