Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha participação na ciranda de trovas do poeta Dalto Gabrig.

Vem!!!


Faça uma rede em meu peito,
E nela venha deitar,
Com seu carinho, seu jeito...
Sozinho jamais vou ficar.

(Dalto Gabrig)

***

Na tua rede eu balanço,
Dela não quero sair,
Os teus carinhos alcanço,    
Ninguém me tira daqui.

(Claraluna)

***

 
paz é deitar numa rede
meu amor vai embalançar!
aqui eu mato minha sede
viajo sem sem sair do lugar!

(zeca repentista

***

Deitar na rede é gostoso
Ainda mais, bem acompanhado
Vou à Bahia e trarei uma
Com meu amor,ficarei deitado!

(Pedrinho Goltara)

***

Balançando na minha rede
Com meu bem ao lado deu
Chega até a me dar sede
Do balanço e os beijos seu.

(Airam Ribeiro)

***

Faça uma rede com teus braços
Para nela eu me deitar e balançar,
Beijar muito esses labios tentadores
E, depois, adormecermos devagar.

(Mariza Brasil)


***

Eu poderia ter participado, 
Mas é que cheguei depois... 
Uma rede é de meu agrado,
Pena que a trova já foi... 

(
Jacó Filho)
Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 02/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T762329
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (394514 leituras)
2 e-livros (182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:24)
Hull de La Fuente