Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O meu coração é teu vaso.

Ò flor branca e pequena
Tão meiga e delicada
Aveludada e serena
Singela e tão perfumada.

Sei que procuras entender
Porque esta toda molhada
Pois eu tenho que lhe dizer
Mas não vai ficar zangada.

Foram as lagrimas do meu querer
Durante esta madrugada
Que serenaram sobre ti
E amanheceste orvalhada.

Mas não te preocupe não
Porque o sol já vem ai
Eu só te peço perdão
Pois evitar não cosegui.

Estas lagrimas eu derramei
No instant em que descobri
Que só em sonho eu terei
Os teus carinhos pra mim.

Quero sonhar todo dia
Os teus carinhos quero ter
E transformar em poesias
Os bons momentos que eu viver.

E a voce flor pequenina
Que seja muito feliz
Doce encanto de menina
A quem tantos versos eu fiz.

Quando ler lembre de mim
Porque eu não vou te esquecer
E antes que venha o fim
Um dia eu quero te ver.

És uma flor preciosa
Que encontrei ao acaso
Delicada esplendorosa
O meu coração é teu vaso.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 04/12/2007
Código do texto: T764857
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164881 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:21)
Pedro Nogueira