Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não deixe existir adeus.

O meu coração balança
Dentro do peito chorando
Carregado de esperança
Apaixonado e te amando
Com a inocencia de criança
Os teus carinhos almejando
Passa o tempo que passar
O meu coração vai te amar
E a tua volta ficar esperando.

Eu sei que vais voltar
Mas meu DEUS como demoras
Peço permissão pra chorar
Enquanto eu conto as horas
Como é dificil esperar
Alguem que a gente adora
O mundo fica triste, vazio
E ao enfrentar o desafio
O coração quase estoura.

E onde estará voce
É só só o que eu imagino
Eu quero de novo te vê
Nao vá bifurcar o meu destino
A tua ausencia faz estremecer
E tudo vira um desatino
Se voce me vesse agora
Me perguntaria porque chora?
Te amo :responderia sorrindo.

Quero de novo segurar tua mão
E olhar bem firme nos olhos teus
Coloca-la em meu coração
E pedir-te pelo amor de DEUS
Não me faça esta judiação
Não fuja dos olhos meus
Não imagina o quanto te quero
Este poeta é muito sincero
Não deixe existir um adeus.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 07/12/2007
Reeditado em 07/12/2007
Código do texto: T769042
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (164902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:17)
Pedro Nogueira