CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Teoria Teológica

CONVERSÃO: 

A momentânea união sexual entre um homem e uma mulher – o casal, segundo a visão de Deus –, nos traz o primeiro e o maior milagre natural que o ser humano tem conhecimento, durante toda a sua existência terrena:o nascimento -ato de surgir; de sair de um estágio oculto, porém, real, para à exposição comprobatória do existir.

Nasce-se completamente indefeso 
A criança nasce dependente e disprovida de tudo, até mesmo dos sentidos, que tendem a serem aprimorados, gradativamente e, de acordo com a capacitação intelectiva e perceptiva do ser.

Vai-se adquirindo uma formação múltipla 
quer familiar, religiosa, cultural, intelectual... Tal qual, um computador com memória virgem; um banco de dados, pronto para receber informações; uma esponja a absorver liquefeitos, a mercê de quem a manipulará,ou conduzirá. Até que se chegue ao momento da razão, dos questionamentos, da percepção consciente e não indutiva.
Aptos às escolhas chega a hora da ruptura,com o que nos foi imposto - o que seguimos desde o berço- em se tratando da conversão ao Evangelho segundo o Senhor Jesus, surge a oportunidade de opção de segui-Lo, ou não.Teologicamente falando, esta escolha chama-se LIVRE ARBÍTRIO;termo usado indevidamente, quando se trata de escolhas, em qualquer outra área de nossas vidas.O significado do termo "Livre Arbítrio," infelizmente,é pouco discernido de forma correta.Há quem defenda o uso do termo como que "liberdade de escolhas." A diferença está no fato de que o homem natural, sem compromisso com Deus, tem a liberdade de escolher segundo os seus sentires, sobre a sua vida;mas no momento de optar sobre seguir ou não ao Evangelho ele se depara com o LIVRE ARBÍTRIO de ser um com Cristo; de vivenciar o Novo Nascimento. Quando isso acontece,perde-se a identidade do velho homem, para se assumir, uma nova identidade em Cristo - as coisas velhas se passaram e eis que tudo se fez novo.    
Novo Nascimento   – transformação –  ( 2 Co 5.17)  – renúncia  (Gl 2. 20) e, não mais vivo eu, Cristo vive em mim.  

Biblicamente falando (Jo 3. 3-5) é o ato consciente, não induzido, porém, conduzido pelo Espírito Santo de Deus (Zc 4.6) Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos. De forma radical e opcional.

O homem natural – o que não é servo do Senhor  – com as suas vontades próprias, escolhas, quereres, e o livre arbítrio de aceitar, ou não, a Jesus como seu único Salvador.Ao se aceitar a salvação em Cristo Jesus –  Novo nascimento –,como seguidores de Cristo vivemos na sua dispensação; somos servos em amor. 

Da mesma forma que acontece com o nascimento natural – de uma criança –, onde todo o conhecimento, e caráter é formado gradativamente, da mesma forma, acontecerá espiritualmente, com o Novo Nascimento. Nessa caminhada seguimos, adquirindo a perfeição, segundo o caráter de Cristo – buscando ser sua semelhança em ações –, até que todos cheguemos a unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo ( Ef 4.13 ).

TIRANDO DÚVIDAS SOBRE: Livre Arbítrio e “Liberdade de Escolhas”.
a) Livre Arbítrio: é o direito que o homem natural  tem de aceitar, ou não,  servir a Deus;é um termo teológico, que deveria  ser usado, extritamente, quanto à Salvação em Cristo jesus. Concerne a Conversão, Novo  Nascimento;
 
b) liberdade de escolhas: é o direito que o homem natural tem, de escolher o caminho a seguir, quanto ao seu trabalho, estudos, amor, moradia, formar família, etc. tudo quanto, abrange o campo secular.
Embora os termos pareçam iguais, devem ser usados, em árias diferentes: Teológica,ou secular. 

Diz o apóstolo São Pedro na sua epístola ( 2 Pe 3.16) '(...) Há pontos difíceis de serem entendidos'. Assim sendo, não por falta de conhecimento da Palavra, mas por não discernirmos a mesma, espiritualmente, pois, as coisas do Espírito são discernidas pelo Espírito 
( I Co 2:10)
 Mas Deus nos revelou pelo seu Espírito, porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus . Costumamos mudar o sentido da visão do Espírito Santo de Deus, nos arriscando a aplicação de  ensinamentos incorretos, e a publicação de  uma falsa visão Teológica,  que acarreta no grande perigo da formação de heresias. 

A Palavra de Deus nos exorta a não sermos cegos, guiando cegos. 
É fácil ler a letra e decifrá-la, hermeneuticamente falando,porém, jamais deveremos esquecer, que Àquele que se foi e, que é e, está entre nós, hoje, e sempre, enviou-nos o Ajudador – o Espírito Santo de Deus –, pois, só Ele nos guia a toda a verdade. 


Para o que está em Cristo; para o que é servo do Deus Altíssimo, não existe liberdade de escolhas, simplesmente, porque servo é o que é submisso e obediente.

Há uma grande diferença entre  se dizer ser e, o ser, de fato. 

Assim sendo, que possamos ser conscientes do que é liberdade de escolhas, e que não fiquemos diante do querer agir, por nós mesmos, crendo que temos o 'Livre Arbítrio.' Aos que, assim entendem, precisam apreender  o que é ser servo.O servo nunca diz: não senhor!

Doce prisão e liberdade eterna é servir a Deus!  


Que Deus nos ajude a não ministrarmos do que não entendemos, para que, não conduzamos outros ao erro.
 
Somos escolhidos do Senhor.
A escolha (Jo 15.16); o covite (Ap 3.20); a obra salvífica é Dele. Às suas promessas, são fiéis (Nm 23.19) Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria e não o confirmaria?

Nota: Achei por bem unir a essa publicação, um comentário postado por um leitor, aproveitando o ensejo, para me alongar um pouco mais, tentando explicitar o que nomeou o amado leitor de paradoxo, e, explicar, a tantos quantos, se questionarem a respeito dos itens pelo leitor colocados, um posicionamento satisfatório. Intitulei minha resposta ao comentário do leitor: Carta Apologética.

Comentário:

Mas há um paradoxo na sua teoria pois liberdade de escolha implica em escolha religiosa também. A teologia, "ciência dos deuses", já indica isso.
Enviado por ALEXANDRE MOHOR em 05/07/2009 08:26
para o texto:
 
Liberdade de Escolhas X Livre Arbítrio. (T1683140)

Resposta:

Caro poeta... Uma ótima tarde!

Esclareço-lhe sobre o texto por mim postado, neste, e em outros  sites, intitulado: Liberdade de Escolhas X Livre Arbítrio.

Pelo título subtende-se, se tratar de assuntos divergentes, e, pouco discernidos pela maioria. 
Em se prestando a devida atenção ao contexto, percebe-se que, não há espaço para um paradoxo contextual, face  a clareza  na explicitação, em separado, sobre o que é "Liberdade de Escolhas" e a quem esta liberdade é devida; da mesma forma, o que é o "Livre Arbítrio" e a  qual condicionamento, o mesmo está restrito.

Venho esclarecer também, ser a Teologia o estudo sobre o Deus Unigênito - Deus Pai, e, a tudo quanto tem relevância com a Sua pessoa.
A Teologia não é o estudo dos deuses – teologicamente falando –,  a Teologia é monoteísta e não politeísta.
O estudo dos deuses está ligado a mitologia e ao estudo das divindades.

Espero que o meu texto tenha lhe esclarecido sobre às minhas convicções teóricas, baseadas nas Sagradas Escrituras. 


Licença Creative Commons
O trabalho Liberdade de  Escolhas  X  Livre Arbítrio. de EstherRogessi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

¹EstherRogessi (Bpª Rogessi de A. Mendes), Carta Apologética,Recife,05/07/09.
²EstherRogessi,Escritora UBE, Mat.3963, Teoria Teológica: Liberdade de Escolhas e Livre Arbítrio, Recife,05/07/09. 
EstherRogessi
Enviado por EstherRogessi em 05/07/2009
Reeditado em 28/08/2013
Código do texto: T1683140
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Obras à venda

Sobre a autora
EstherRogessi
Recife - Pernambuco - Brasil
1289 textos (97702 leituras)
46 áudios (3740 audições)
2 e-livros (284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/08/14 04:48)

Site do Escritor