Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE É MINDIM? PARA QUEM NÃO SABE, APRENDER E PARA QUEM SABE, CONSERVAR

 



 

REGRAS - TIRA DÚVIDAS E INFORMAÇÕES GERAIS


Parte 1 – APRESENTAÇÃO DO MINDIM


1.1
- MINDIM - poema criado em 2011 pela poetisa Luna Di Primo. A intenção do poema é brincar com as palavras por isso ele é o 3-2-0 e isso é igual:

- 3 versos de até 2 sílabas e (0) zero, intensidade sonora livre, ou seja, aqui não se fala em sílaba tônica. Não há exigência de marcação de tônica. O poeta tem liberdade para usar, desde que não ultrapasse 2 sílabas.

- Sistema rímico, título e junção de vogais nas palavras para redução de sílabas são permitidos.

- Uso livre das vogais, acentuadas ou não, constantes nas extremidades e entremeio dos versos, ou seja, a vogal não tem valor de sílaba, quando não vier acompanhada de outras letras.

- Pontuação de acordo com a forma que o poeta quer conduzir o entendimento da leitura.

- Não exigência sobre letra inicial do verso em maiúscula ou minúscula.

*Interessante é o uso de palavras que sugerem um sentido e ampliam a compreensão de vocábulos ambientais, particulares, geográficos, etc.
**Toda a liberdade consentida está em 3 versos com palavras de até 2 sílabas.
***Não importa se acontece redundância, desvio da língua culta e demais situações contextuais. O importante é construir um poema significativo e elegante e que suscite a imaginação do leitor.
Exemplo:

Mindim
é tão
tantim

tantim – referência – é tão pequeno ou pequenino, tão miúdo ou miudinho. Mensagem: O poema mindim é tão pequenino ou miudinho. Aos olhos e no sentir ficou um poeminha – que quer dizer um poema mínimo – carismático, que conquista um riso, um carinho, enfim, a simpatia de quem o lê.


Monstros
Dormem
Amém!
*
Fujo!
Do quê?
Não sei.
*
Ave
Canta
Ao léu

1.2 - MINDIM COM TÍTULO

OLHOS E BOCA TAPADOS

Mentes
Aptas
A pensar
*

REMINISCÊNCIA

Ante
O eco,
O sino...
*

MERGULHO

Na luz
Faço
Tibumm



1.3 - Embora composto unicamente em três versos com palavras de até 2 sílabas, com o MINDIM se pode construir verdadeira Cadeia Poética, CADEIA DE MINDIM com ou sem título:


A Lua
Sorri
De lá...

Lá de
Cima
Sorri.

Conta,
E assim
Canta

A luz
Que dá
Vida.

Luz
E vida!
Viver...



Parte 2 - TIRA DÚVIDAS DO MINDIM

1 - Com quantas sílabas se faz o MINDIM?
R - O MINDIM só pode ser feito com palavras de ATÉ duas sílabas.

*Duas sílabas é o limite em cada verso.
**Poema que contenha verso com mais de 2 sílabas, não é MINDIM

2 - Posso juntar vogais?
R - Sim, pode.

*A junção de vogais é permitida para redução de palavras com mais de 2 sílabas para dissílabas, tais como: p[oe]ma, p[oe]-s[ia], p[oe]ta, s[ua]ve, s[aú]va, s[aú]de, enj[oo], álc[oo]l, h[ia]to, b[aú] j[oe]lho, s[aí], imb[uia], t[uiuiú], seq[uoia], r[eu]nir, arr[eio], arr[oio], L[ua]na, af[ia] p[ia]da, bal[aio], fr[eio] e assim por diante.

*ESTA REGRA NÃO VALE PARA PALAVRAS SEPARADAS.
Não acontece a junção de vogais para o uso de mais de 2 palavras no mesmo verso, quando uma termina e a outra inicia com vogal na intenção de reduzir para 2 sílabas ou acrescentar outra palavra. Ex: v[ou ao] mar # s[ó u]so xis # s[ua e]m luz # fal[a a]i # Val[e u]m. Aqui não se faz junção. Diferente da subjetividade de: d[e o]uro que pode ser reduzido a d'ouro; q[ue a]mor = q'amor.


3 - o que é um MINDIM?
R – Mindim é poesia construída em 3 versos (3 linhas) com palavras de até 2 sílabas em cada verso.

4 - O MINDIM tem título?
R - O título é opcional, o autor coloca se quiser.

5 - O que é CADEIA DE MINDIM?
R - CADEIA DE MINDIM ou CADEIA POÉTICA é um poema originário de um mindim, resultando em várias estrofes, sem quantidade definida.

6 – Qual a diferença entre MINDIM e CADEIA DE MINDIM?
R- O Mindim se faz com uma estrofe de três versos de até duas sílabas, nas quais deve conter sentido, uma ideia, isto é, o enredo deve estar completo dentro dessa estrutura, enquanto a Cadeia de Mindim - que se origina do poema Mindim - segue com mais estrofes, podendo se formar com vários mindins interligados(seguindo o tema) porém independentes entre si ou desmembráveis; ou somente estrofes interligadas desenvolvendo o tema.

7 - Quando se pode usar as vogais sem contar como sílaba?
R – 1 - Quando elas estão sozinhas nas extremidades e entremeio do verso, ou seja, vogais isoladas, acentuadas ou não.
Ex: [a] porta = este 'a'[essa vogal] não conta como sílaba, pode ser usado sempre que precisar.
2 - Port[a = este 'a'[essa vogal] conta como sílaba, pois está acompanhado de outra letra]. Isso vale para todas as vogais: ex. 1: É O LILO = [É] [O] uso livre - não forma sílaba]
LIL[O] forma sílaba com a letra L.

Ex 1:
Não conta como sílaba = [O] homem
chor[a] = conta como sílaba
Não conta como sílaba = [a] paz [e] [a] luz


Ex 2:
[É] azul [conta como vogal]
[O] manto
Do rei



Parte 3 - COMO É REPRESENTADO O MINDIM?

3.1 - O Mindim, na flora, é representado pelo Jasmim Gardênia.

Alvo...
Puro
Cetim.

Assim...
O meu
Mindim.


3.2 - Na fauna é representado pelo cisne branco e recebe esse poema oferecido pelo poeta Ineifran Varão

NOSSO MIMO – O MINDIM

Canta
alto
e claro

o alvo
cisne
de luz

puro
e gentil!
cisne

Plumas
plenas
d’amor

planam
e plasmam
a paz...

E lá vai
o cisne
branco

mundo
a fora
voa!

Lá vai
nosso
mimo

leva
a graça
e a paz

para
sempre
assim!

Viva!
Viva!
O mindim!

Gratos
Somos
A ti

Luna
Di
Primo!

By Ineifran Varão
http://ineifran.blogspot.com


3.3 - E na vida mineral é representado pelo xibiu, denominação dada a um pequeno diamante.

Mindim
Raro
Xibiu
==================================================


*O Mindim exercita a inteligência e a criatividade do poeta*


--------------------------------------------------------------------










 
Luna Di Primo
Enviado por Luna Di Primo em 30/04/2013
Reeditado em 28/09/2015
Código do texto: T4267005
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ao copiar esse texto ou parte dele leve junto a autoria de Luna Di Primo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luna Di Primo
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
2097 textos (583545 leituras)
3 áudios (5324 audições)
4 e-livros (3933 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/04/17 10:23)
Luna Di Primo